Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon
Tenda geral

Navegar para Cima

Dicas da Tenda

jun 26
Adesivos para decorar seu apartamento

parede_adesivo.jpgUsar adesivos nas paredes para decoração é uma forma prática e interativa de realçar a beleza na decoração dos ambientes. Eles são de fácil instalação e podem deixar cada ambiente personalizado de acordo com seu gosto.

Veja abaixo 4 motivos para você optar pelos adesivos de paredes:


1.Fácil de aplicar:
pouco tempo de instalação e longa duração.
2.Inúmeras opções: Imita todo tipo de textura, sem causar sujeira.
3.Pode ser colocado em qualquer lugar: opções para todo tipo de cômodo.
4.Opção econômica: custo baixo, comparado a todos os outros revestimentos como pastilhas, porcelanatos.

O que vale na hora de decorar seu apartamento é a criatividade e possibilidade de variação do produto. Tudo depende do projeto ou da atmosfera que se quer criar. No quarto das crianças, por exemplo, é possível escolher temas como nuvens, formas geométricas, etc. Dependendo da criança, pode-se criar um universo de magia em forma de floresta ou até mesmo de princesas, mas o ideal é que você crie um ambiente para deixá-lo com a sua cara.

jun 19
4 dicas para organizar um chá de casa nova

gifts-570821_1280.jpgComemorar a aquisição de uma nova casa ou um apartamento está ficando cada vez mais comum, afinal esta é uma aquisição muito importante e que merece ser compartilhada. O chamado chá de casa nova — ou, em inglês, open house — é uma comemoração informal na qual os convidados levam algum presente e aproveitam para conhecer o novo lar dos anfitriões.

Mas como você deve organizar essa comemoração?
Conheça algumas dicas para planejar esse momento e receber seus amigos e familiares em sua nova casa com muita diversão.

1. Faça uma modesta lista de convidados

Para manter a tradição e realizar o open house em sua própria residência, a dica é fazer uma lista pequena com quem o casal tenha muita afinidade. Estabeleça um número máximo de pessoas que caiba tranquilamente em seu apartamento. Se for preciso, divida o evento em dois dias, um para a família e outro para os amigos.

2. Escolha os itens para a lista de presentes

Estabeleça um valor, por exemplo entre R$ 30 e R$ 40 para ter um equilíbrio em sua lista. Nela podem ter utensílios domésticos, como tapetes de cozinha e banheiro, itens pequenos de decoração, potes e tigelas, etc.

3. Pense no horário e no que servir

O horário está diretamente relacionado com o que poderá servir aos seus convidados. Normalmente, essa comemoração acontece no final da tarde e se estende até a noite. Se esse for o horário que você escolheu, pense em servir salgadinhos, petiscos e pequenos sanduíches.
Você também pode fazer um chá temático, servindo pizza, churrasco ou massas.

4. Prepare uma decoração simples e lembrancinhas

Sua decoração deve ser simples: vasinhos feitos com garrafas de vidros e flores sobre as mesas que os convidados podem levar para casa, varais no teto com fotos do casal em momentos diferentes, itens que são fáceis de fazer e que não custam caro.

Para as lembrancinhas, prepare doces com recados para os convidados, ou kits com sabonete e toalhinha, ou algum mimo que lembre comemoração da casa nova.

Fonte: http://www.blogdocasamento.com.br

jun 12
5 dicas para aproximar os vizinhos dentro do condomínio
integracaosocial.jpgOs motivos para não saber o nome do vizinho que mora no apartamento ao lado são muitos. Mas essa integração social é muito importante por diversos fatores, inclusive em uma situação de emergência, atividade profissional, etc. 

A união entre os moradores, além de tornar o ambiente mais harmonioso, fortalece a atividade do condomínio, contribui para a tomada de decisões em conjunto e abre um leque de opções, inclusive, para racionalização de custos.

O primeiro passo para iniciar este processo de sociabilização, no entanto, deve partir dos próprios moradores. A dica é organizar um pequeno grupo de moradores e propor ao síndico atividades que estimulem a união de todos.

Essas atividades são bastante importantes, mas é bom deixar claro que ninguém é obrigado a participar. É importante respeitar as escolhas de cada morador para que o convívio social não seja forçado.

Confira algumas dicas para se aproximar dos seus vizinhos:

  1. Conheça o seu público. Um condomínio com a maioria de crianças e adolescentes não vai se interessar por um bazar, por exemplo;
  2. Faça uma pesquisa interna, ouça os condôminos. Eles podem ter contribuições valiosas para uma maior integração;
  3. Faça festas temáticas. Dia das crianças, natal, eventos como copa do mundo são datas importantes para realizar festas de integração entre os condôminos;
  4. Comunicação é tudo. Divulgue os eventos do condomínio em locais de muita circulação e com boa antecedência. Isso ajuda as pessoas a se programarem.
  5. Organize uma agenda de eventos nas férias escolares. Esportes, brincadeiras, monitores. As crianças se aproximam e incentivam os pais a participarem.

Fonte: https://www.lellocondominios.com.br/blog

jun 05
Organizando suas finanças pessoais

dinheiro_tcv.pngComo está sua vida financeira?
Veja algumas dicas para organizar melhor suas finanças.

1. Tenha um objetivo financeiro
É aquilo que o faz ter vontade de seguir em frente, evitando gastos supérfluos, e permitindo que você invista com consciência. Trace planos, determinando quando quer ter de reserva para o final do ano e quantas dívidas vocês quer quitar, evitando de fazer novas contas.

2. Use planilhas
Elas serão suas melhores amigas na hora de controlar suas finanças. Tenha registrado todos os seus gastos, sejam eles com contas fixas ou até mesmo gastos com comidas, etc.

3. Use listas de compras
Listas de compra precisam acompanhá-lo em todos os lugares: shoppings, supermercados e até padarias. Você precisa de uma lista do que realmente precisa comprar, para evitar levar itens que seriam supérfluos.

4. Baixe aplicativos
Existem muitos aplicativos focados em organização financeira. Escolha aqueles que tenham agendas e controle de investimentos para você ter todos os seus ganhos e gastos na palma da sua mão.

5. Priorize quitação de dívidas
Comece quitando dívidas com juros para não virar uma “bola de neve”. Veja a lista de prioridades e faça um planejamento para quitar aos poucos todas as dívidas e manter apenas as contas fixas.

Fonte: https://blog.monetus.com.br

mai 29
Reciclagem de lixo em seu condomínio

coletaseletiva.jpgNosso meio ambiente é o bem mais precioso que existe. Por isso, a coleta seletiva em condomínio é tão importante. É fundamental traçar um plano de ação e formar uma comissão na assembleia, com os interessados para que a coleta seja bem sucedida. Esta ação, sendo administrada da forma correta, pode até mesmo ser revertida em lucro para o caixa do condomínio.

Primeiro os moradores decidem quais materiais serão coletados para a reciclagem. Depois, é importante definir como esta arrecadação será feita e de que maneira o material será armazenado. Separe um espaço amplo e com bastante ventilação para armazenar esses materiais, que seja um ponto de fácil acesso aos funcionários, condôminos e para a empresa que irá retirar todo o material. Incentive os moradores a participar da coleta, que com certeza será muito benéfica a todos.

Por último, deve-se escolher para onde esse lixo será levado. Existem inúmeras cooperativas que pagam por esse tipo de matéria. Lembre-se de que essas cooperativas pagam por quilo. Por isso, é preciso juntar o máximo possível antes de encaminhar para a reciclagem.

Não sabe o que fazer com o dinheiro arrecadado?
Ajudam nas reformas da fachada do prédio, novos equipamentos, manutenção dos elevadores entre outras áreas comuns.

Gostou da ideia?

Então junte as pessoas interessadas, coloque em prática no seu prédio e ajude na preservação do meio ambiente.

mai 22
Dicas de convivência em condomínios

aperto de mão.jpgConviver com muitas pessoas pode ser delicado, pois envolve esforço de todos os condôminos. O responsável por informar as regras e manter o ambiente harmônico entre os moradores é o síndico. Trabalho árduo, que exige muita sabedoria, bom senso e paciência!

Confira algumas dicas essenciais que vão ajudar nesse processo:

  1. Respeite as normas do condomínio e não faça barulho após o horário de silêncio, e, claro, use sempre o bom senso. Não é porque você está no horário permitido que pode fazer o barulho que quiser. Caso pense em dar uma festa - desde que não seja sempre - convide seus vizinhos ou mande um cartão simpático desculpando-se pelo incômodo.

  2. Não esqueça que a regra do silêncio também vale para os seus cachorros. Eles não devem incomodar o descanso dos demais moradores.  Ao sair com ele para a rua, utilize sempre o elevador de serviço. E, caso ele faça suas necessidades nas áreas comuns, limpe-as imediatamente.

  3. Se você tem filhos, lembre-se de que é o responsável por estabelecer limite a eles. Explique que podem brincar somente nas áreas destinadas exclusivamente para brincadeiras, respeitando também o horário de silêncio.

  4. Seja gentil e educado com todos os funcionários. Isso vale para o síndico, zelador, porteiro, equipe de faxina e, claro, para todos os moradores.

  5. Ajude a manter o ambiente limpo. Não jogue bituca de cigarro ou qualquer outro lixo pela janela do seu apartamento. Certifique-se também de que seu lixo esteja bem fechado e que não esteja exalando cheiro forte.

  6. A vaga na garagem serve para estacionar o carro. Não use como depósito. Respeite seu espaço, use luz baixa e evite buzinar. Se acontecer de ralar o carro vizinho, assuma sua responsabilidade. Deixe uma notinha identificando seu nome e número de apartamento e ofereça-se para pagar.

Procure sempre respeitar todas as regras por mais que não concorde em alguns pontos. Não esqueça que ela foi aprovada pela maioria e precisa ser seguida.

Fonte: www.rocheservicos.com.br

mai 15
Como prevenir incêndios

  1. Tome cuidado para não esquecer panelas no fogo e não instale cortinas perto do fogão;
  2. Ao sair, verifique se o registro do gás está fechado e se os aparelhos elétricos estão desligados;
  3. Não ligue equipamentos em uma mesma tomada. Isso pode causar sobrecarga e aquecer os fios e conectores;
  4. Não deixe que crianças brinquem com fósforos, isqueiros, entre outros produtos que podem colocá-las em risco;
Participe incêndio.pngda Brigada de Incêndio do seu condomínio!

Você sabia?

O Secovi-SP editou o Manual de Prevenção a Incêndio, que traz recomendações importantes para síndicos, funcionários e moradores de condomínios. A publicação é vendida na Biblioteca do Sindicato. Informações pelo e-mail biblioteca@secovi.com.br ou pelo telefone (11) 5591-1306.


mai 08
Proteja o seu condomínio do mosquito da dengue
mosquito_dengue.pngAproximadamente 80% dos criadouros estão no interior de residências, em recipientes com água parada como pneus, garrafas, vasos de plantas, caixas d'água destampadas e calhas. Por isso, o controle da dengue deve ser feito durante todo o ano e não apenas nos meses mais quentes.

Nos condomínios, cabe ao morador verificar possíveis focos e adotar as medidas preventivas em seu apartamento, principalmente em varandas, onde há muitos vasos de plantas. O ideal é colocar areia nos vasos ou furá-los, e também não se esquecer de limpar bordas de vasilhas de comida e água dos animais, assim evitamos a água parada.

O fosso de elevador geralmente acumula água e abriga razoável quantidade de mosquitos. É de lá que eles acessam os andares. O síndico deve tomar providências destinadas às áreas comuns do edifício, manter piscinas sempre com cloro e na quantidade adequada, colocar cloro ou sal de cozinha nos ralos, principalmente de garagem, locais escuros e aprazíveis ao mosquito, evitar acúmulo de água em tambores e sobre guaritas com laje sem caída. É importante orientar os funcionários para que verifiquem pneus, gangorras e objetos para reciclagem de forma a não acumularem água em tambores e sobre guaritas com laje sem caída.

Com a colaboração de todos, o condomínio ficará livre do mosquito durante o ano todo!
mai 01
Economia de água

De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 110 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene.
Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e desperdiçar nossos recursos naturais. Veja algumas dicas de como economizar água – e dinheiro – sem prejudicar a saúde e limpeza de casa e das pessoas.

Hora do banho
Se fecharmos o registro ao se ensaboar, já é possível economizar cerca de 80 litros de água.

Ao escovar os dentes
Se uma pessoa escovar os dentes em cinco minutos com a torneira não muito aberta, são gastos 80 litros de água. No entanto, se molhar a escova e fechar a torneira enquanto escova os dentes e, ainda, enxaguar a boca com um copo de água, consegue economizar mais de 79 litros de água.

Na cozinha
Com um pouco de organização na hora de lavar a louça é possível gastar muito menos. Primeiro limpe os restos de comida dos pratos e panela com esponja e sabão e, só então abra a torneira para molhá-los. Ensaboe tudo o que tem que ser lavado e novamente abra a torneira para novo enxágue.

Lavar a louça em um apartamento, com a torneira meio aberta em 15 minutos, são utilizados 243 litros de água. Com economia, o consumo pode chegar a 20 litros.

Reúna a família e combinem juntos as ações para economizar. Você estará contribuindo com o planeta e economizando o orçamento de toda a família.

abr 24
Como usar o FGTS em seu financiamento

FGTS.png

Quanto menor a parcela financiada, menor será seu gasto com juros. Portanto, se você tiver economias guardadas, os especialistas sugerem adquirir o imóvel à vista ou dar uma entrada considerável. Assim é possível conseguir uma parcela que caiba no seu bolso.

Você poder usar seu FGTS (valor depositado mensalmente pelas empresas aos funcionários de carteira assinada), como pagamento total ou parcial do imóvel. Para obter o benéfico você deve provar que trabalha há pelo menos três anos sob o regime do FGTS, não possuir outro financiamento ativo no SFH (Sistema Financeiro de Habitação) em qualquer parte do país, e não pode ser proprietário de outro imóvel no município onde mora onde exerce seu trabalho principal.

Primeiramente você deve consultar o seu saldo e separar toda a documentação necessária diretamente no site da Caixa Econômica Federal (http://www.caixa.gov.br); é feita uma análise dos documentos e, se tudo certo, o valor é liberado e você poderá investir em sua casa própria.

1 - 10Próxima